Casembrapa obtém índice 0,4591 no IDSS 2017

Indicador da ANS busca melhorar serviço oferecido pelas operadoras de saúde;dados foram divulgados em 16 de setembro último; veja resultado completo

Tamanho da fonte
+

A Casembrapa obteve índice de 0,4591, em uma escala de 0 a 1, na avaliação de desempenho pelo Índice de Desempenho de Saúde Suplementar (IDSS 2018 – ano-base 2017), da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). O resultado foi divulgado no dia 16 de setembro último.

No levantamento anterior (IDSS 2017 – ano-base 2016), a Casembrapa havia obtido o índice de 0,7123. A redução na nota ocorreu porque a partir da última avaliação a ANS incluiu o padrão TISS (Troca de Informação em Saúde Suplementar) como parâmetro de análise. Devido à complexidade do modelo, o novo método de análise reduziu as notas de grande parte das operadoras de plano de saúde do país. Por ter baixado as notas de todos os planos de saúde, a avaliação chegou a ser reconsiderada pela agência reguladora, em julho último.

Para voltar a ter uma melhor avaliação, a Casembrapa já iniciou o processo de aquisição de um novo sistema de gestão, que deve ser concluído em breve. A iniciativa vai permitir otimização dos procedimentos da operadora e consequente evolução na classificação perante a ANS.

O indicador IDSS faz parte do Programa de Qualificação Operadoras (PQO), que permite análise do desempenho de operadoras de saúde por um conjunto de fatores agrupados.

Com essa avaliação, a ANS busca melhorar a qualidade dos serviços prestados pelas operadoras, garantir um equilíbrio no mercado e auxiliar o consumidor na escolha por um plano de saúde.

Clique aqui para ver os dados completos da avaliação (Programa de Qualificação de Operadoras).
Clique aqui para ver arquivo em PDF com o resultado completo do IDSS 2018 – ano-base 2017.
Clique aqui para ver arquivo em PDF com o resultado resumido do IDSS 2018 – ano-base 2017.

Abaixo, segue o resultado do IDSS 2018 – ano-base 2017.

Mais lidas